Vila Dignidade recebe palestra sobre manifestações bucais das DSTs.

No dia 27 de abril, foi realizada na Vila Dignidade uma palestra educativa sobre as manifestações bucais das DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis). A  palestra foi oferecida para todos os moradores da Vila Dignidade e também para todos os funcionários que compõe a equipe da instituição. Além da equipe e moradores
da Vila Dignidade, a palestra contou com a presença de parte da equipe da Unidade de Saúde do bairro Benedito Trajano Borges, sendo a cirurgiã-dentista Natália Oliveira; a médica Dra. Elsa Nápolis, a técnica em enfermagem Gisele Auris; e as agentes comunitárias Gisele Auris, Carmem Lúcia Marani, e Tássia Maryane Batista Massarioli.
Segundo a cirurgiã-dentista, Natália Oliveira, responsável pela palestra, “hoje, no Brasil, há mais de 20 milhões
de pessoas acima de 60 anos, isto se deve ao aumento da expectativa de vida e queda da mortalidade. Os idosos
estão cada vez mais ativos em todas as áreas, incluindo a sexual. O índice de DST’s tem aumentado muito nesta
população devido a ausência do uso de preservativo. O intuito desta atividade foi conscientizar os idosos sobre
a importância do uso do preservativo e saber como identificar os sinais e sintomas da Sífilis”, declara.
A cirurgiã-dentista ainda explicou como a doença se manifesta. “A Sífilis é causada pela bactéria Treponema
pallidum e possui 3 estágios. Na fase primária aparece uma lesão ulcerada que desaparece espontaneamente fazendo
com que o paciente tenha a falsa impressão de estar curado. A fase secundária é caracterizada por manifestações
sistêmicas como dor de cabeça, mal-estar, perda de peso e linfadenopatia. Lesões nas mãos e pés são comuns.
Também pode apresentar placas esbranquiçadas, irregulares, indolores que pode aparecer em qualquer superfície
mucosa, mas acomete mais comumente a língua, lábios, bochechas, palato e amígdalas. A remissão espontânea
dos sintomas geralmente acontece entre 3 a 12 semanas. Na fase terciaria, conhecida também como sífilis latente, o paciente geralmente não apresenta sintomas, mas transmite a doença. Em casos graves, que não foi diagnosticada,
há um comprometimento cardiovascular e do sistema nervoso. Conforme abordado, a Sífilis apresenta manifestações
bucais e assim também pode ser identificada através do exame clínico. Sendo assim, o Cirurgião-Dentista tem
papel importante na identificação dos sinais e sintomas e orientação do paciente”, explica Natália.
O diretor do Departamento de Saúde Bucal, Gabriel Freitas, falou sobre a realização da palestra. “Gostaria de parabenizar a ESF Evaristo José Silveira Neto (do Benedito Trajano Borges), pela realização do evento e ressaltar a importância da participação da Saúde Bucal nesses tipos de ações. Podemos mostrar que a saúde da boca
(bucal) reflete em várias outras áreas do corpo, evitando até mesmo o aparecimento de algumas doenças. Temos que
observar a saúde como ‘um estado de completo bem-estar físico, mental e social’”, afirma Gabriel.
O secretário do Bem Estar e Integração Social, Antônio Carlos Silva, parabenizou a todos pela iniciativa. “Quero
agradecer, primeiramente, a prefeita Adriana Quireza Jacob Lima Machado por permitir esses trabalhos em
parceria e incentivar a realização de eventos como esse na Vila Dignidade. À gestora da Vila Dignidade, Luciana
Gambi, à Coordenadora da Vila Dignidade, Giovana Verdinelli, e à toda a equipe, meu muito obrigado pela
iniciativa de trazer sempre mais conhecimento para os nossos idosos. Também não poderia deixar de agradecer
à Unidade de Saúde do Benedito Trajano Borges e ao Departamento de Saúde Bucal por esse brilhante trabalho
realizado na Vila Dignidade. Muito obrigada e parabéns a iodos os envolvidos”, destaca Antônio Carlos.