Paula indica fiscalização das barragens do município

Durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Ituverava, a vereadora Ana Paula Yanosteac Rodrigues
Mário, apresentou indicação sugerindo que a administração municipal através da Secretaria competente, determine a fiscalização das barragens existentes no município. Ela ressaltou que este trabalho deve ocorrer tanto
em sua área urbana, como na rural, em especial a barragem da Represa “Dr. Paulo Borges de Oliveira”
bem como a barragem do S.A.A.E, localizada na rua Cel. Irlandino Barbosa Sandoval. A vereadora destacou
que o recente episódio em Brumadinho-MG aconteceu por rompimento e se deu por falta de uma
fiscalização eficaz, somada à negligência da empresa que optou por um tipo de barragem conhecida como
método de aterramento a montante, no qual se constroem degraus como próprio material de rejeito,
é o mais simples e também o menos seguro. “Assim com o intuito de assegurar que as barragens presentes em nossa cidade atendem aos padrões mínimos de segurança, entende-se necessária a fiscalização urgente das barragens, bem como o mapeamento de potenciais riscos que estas possam oferecer”, destacou. Requerimento
Já em forma de Requerimento,  aprovado por unanimidade, entre os vereadores, Paula questionou a administração sobre: Quantas barragens há na cidade de Ituverava incluindo a área urbana e rural? Havendo barragens, quais
os métodos utilizados em suas construções? Qual a Secretaria responsável pela fiscalização, elaboração dos laudos de segurança e liberação da construção dessas barragens? Ela ainda solicitou informações se há fiscalização
apenas municipal ou o Estado de São Paulo, bem como a União, também têm responsabilidades nessa área? Qual a frequência em que estes laudos são emitidos? Quando foram feitas as últimas vistorias e se há o plano emergencial para caso ocorra rompimento de alguma barragem municipal.