Movimento Maio Amarelo é realizado em Ituverava

O Movimento Maio Amarelo, tem como tema, em 2018, “Nós Somos o Trânsito”, que propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro. De acordo com o Observatório Nacional de Segurança
Viária, os acidentes não acontecem, mas sim são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas. Para José Aurélio Ramalho, diretor-presidente do OBSERVATÓRIO e idealizador do Movimento Maio Amarelo, 90% dos acidentes
têm como motivação as falhas humanas como imperícia, imprudência e desatenção. “Somos os responsáveis
pelos nossos atos no trânsito e ter consciência clara disso é um dos caminhos para a reversão do triste cenário
não só do Brasil, mas de todo o mundo”, ressalta. Pensando nisto, no sábado, dia 19, aconteceu na
cidade de Ituverava a Blitz Salvando Vidas, uma iniciativa da Liga de Urgência e Emergência (LUE), projeto
de extensão do curso de graduação de Enfermagem da FAFRAM e que contou com o apoio da Secretaria
de Transito, Transportes e Frotas do município, Faculdade Francisco Maeda (Fafram) e Unimed. O evento foi realizado na Av. Doutor Soares de Oliveira, em frente o Banco do Brasil, onde alunos do curso de enfermagem abordaram pedestres sensibilizando os mesmos por meio de perguntas relacionadas a hábitos inseguros que realizam durante o trânsito e, que podem resultar em danos reversíveis ou irreversíveis para os envolvidos. Foram
também distribuídos laços amarelos como símbolo de um trânsito mais seguro. A Liga de Urgência e
Emergência também esteve presente na Semana de Enfermagem da Fafram e na Semana de Enfermagem
da Santa Casa de Ituverava apresentando para alunos e profissionais de saúde sobre o tema em questão. Durante
a abordagem participou um estudante, vítima de acidente grave no trânsito, que pôde, a partir de sua experiência, sensibilizar os participantes da palestra. Outro evento que também faz parte do movimento é realização de sensibilização nas escolas públicas e privadas do município, cujo público alvo são estudantes de nível médio que ainda não obtiveram sua carteira de habilitação. O objetivo é reduzir o número de vítimas de acidentes
de trânsito no município, demonstrando que por meio de comportamentos de risco, como excesso de velocidade,
beber e dirigir, não usar cinto de segurança ou outro equipamento de proteção, como capacete ao dirigir
motocicletas, podem gerar trágicas consequências. De modo a desencorajar estes jovens a participar de
atividades consideradas por eles divertidas e promover a prevenção de lesões por meio de educação, mostrando
a realidade das vítimas de trauma. A Liga de Urgência e Emergência da Faculdade Francisco Maeda (FAFRAM)
constitui-se de uma associação civil estudantil sem fins lucrativos, formada por alunos do 8° ciclo do curso de graduação em Enfermagem. Os objetivos da Liga estão voltados para a promoção do estudo e a difusão de
conhecimentos sobre temas ligados à saúde, em geral, e relacionados ao Trauma e Primeiros Socorros, contribuindo
assim para um melhor atendimento às vítimas de Trauma; desenvolvimento de campanhas que visem educar, e sensibilizar a população sobre temas relacionados à sua saúde.