Ituverava recebe Ciclo de Debates do Tribunal de Contas

Aconteceu em Ituverava na tarde de quinta-feira, dia 30 de maio, na Fundação Educacional de Ituverava, Salão Nobre Dr. Jahyr de Paula Ribeiro da FFCL (Faculdade de Filosofia Ciências e Letras), o “23º Ciclo de Debates com
Agentes Políticos e Dirigentes Municipais”. O evento teve objetivo central de orientar os agentes públicos no sentido
da correta aplicação dos recursos públicos, sendo discutidas as principais e mais frequentes dúvidas dos gestores públicos frente à toda legislação que alcança o Poder Público como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
(ODS) – Agenda 2030 da ONU; gastos com pessoal, cargos em comissão, repasses de verbas públicas ao terceiro setor, Controle Interno, Transparência Pública, Educação, Saúde entre outras. O encontro faz parte de
uma série de encontros promovidos pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo no ano de 2019 com os entes fiscalizados, abrangendo os 644 municípios do Estado. Estiveram presentes representantes de 23 municípios
da região que estão sob a jurisdição da Unidade Regional de Ituverava (UR-17): Aramina, Buritizal, Cristais Paulista,
Franca, Guaíra, Guará, Igarapava, Ipuã, Itirapuã, Ituverava, Jeriquara, Miguelópolis, Pitangueiras, Nuporanga, Orlândia, Patrocínio Paulista, Pedregulho, Restinga, Ribeirão Corrente, Rifaina, Sales Oliveira, São Joaquim da Barra e São José
da Bela Vista. A mesa principal foi composta pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Antônio
Roque Citadini, o procurador em exercício do Ministério Público de Contas junto ao TCESP, Rafael Neubern Demarchi Costa, o secretário diretor – geral do TCESP Sérgio Siqueira Rossi, o auditor substituto de conselheiro do Tribunal de Contas, Márcio Martins Camargo, a prefeita de Ituverava Adriana Quireza Jacob Lima Machado
e o presidente da Câmara Municipal, vereador Fábio Freitas Gibaile. Em seu discurso o presidente Citadini falou sobre a crise que afeta os governos federal e estadual, mas principalmente o municipal, sugerindo aos prefeitos
que cortem despesas para poder fechar suas contas ao final de cada exercício. Em entrevista, após a abertura do encontro, Citadini destacou que o Ciclo de Debates, que é realizado em todas as regiões do Estado de São Paulo, tem importância e é motivado para que “as administrações errem menos e acertem mais.”
“Discutir problemas concretos de forma que possam errar menos e acertar mais”, enfatizou. De acordo com ele, estes encontros têm surtido efeitos “em algumas áreas sim, outras não, mas temos esperança que melhore.”
Indagado sobre as fiscalizações surpresas que têm sido realizadas pelo Tribunal, o presidente informou que vão continuar. “E vão acontecer em todas as áreas e daqui para frente teremos fiscalizações ordenadas por todo estado, em caráter de surpresa ninguém sabe, peço que não falem nem para mim, eu só sei na hora que sai a relação das
escolas, ou delegacias que serão fiscalizadas”. O presidente, no entanto, agradeceu a acolhida que teve em Ituverava. “A recepção foi boa e o número de prefeitos muito bom, estão todos preocupados e a expectativa é que se errem menos, que as coisas sejam bem esclarecidas e acertem mais, muito obrigado a todos”, concluiu o presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Ontem sexta-feira, dia 31, o mesmo evento aconteceu
em Ribeirão Preto, também com prefeitos e representantes dos municípios da outra região. A prefeita de Ituverava ressaltou a importância do Ciclo de Debates em Ituverava. “É uma honra para mim, como prefeita ver o município
de Ituverava sediar um evento como esse, tão importante para as Prefeituras da nossa região, que esclarece inúmeras dúvidas de prefeitos, técnicos e funcionários públicos”, destacou a prefeita. “Por isso, quero agradecer
a presença do presidente do Tribunal de Contas, Dr. Antônio Roque Citadini, demais autoridades do Tribunal
de Contas, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região e também todos os funcionários públicos presentes, em especial os da Prefeitura de Ituverava”, completou Adriana. Ela também agradeceu a dedicação do diretor técnico
João Gilberto Rey e toda equipe da UR-17 do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, de Ituverava.