Casa de Apoio tem média de 800 acolhimentos por mês

A Casa de Apoio da Prefeitura Municipal de Ituverava inaugurada em Barretos no ano de 2017 pela prefeita Adriana Quireza Jacob Lima Machado com a finalidade de acolher os pacientes de Ituverava que realizam tratamento no
Hospital da Fundação Pio XII de Barretos recebe uma média de 35 pessoas por dia, totalizando uma média
de 800 acolhimentos por mês. São pacientes que viajam diariamente através do serviço de Transportes da Secretaria
Municipal de Saúde e após realizarem as sessões do tratamento – quimioterapia e radioterapia ou mesmo
consultas ou exames – têm um local para ficar até que todos sejam atendidos e possam retornar para Ituverava.
O local possui quatro apartamentos com capacidade para pacientes que necessitarem passar a noite
com seus acompanhantes. Além do pernoite, a Casa de Apoio de Ituverava oferece refeições: café da manhã,
almoço, café da tarde e janta. A administração municipal também disponibiliza funcionárias que atuam
na cozinha e limpeza das dependências e serviço de enfermagem 24 horas. Os apartamentos contam com dormitórios com ar condicionado, ventilador, guarda roupas, camas box e TV para descanso. Cada
unidade também é dotada de banheiro, cozinha com geladeira e forno microondas e uma sala também com
TV e sofá para entretenimento. A Casa de Apoio conta ainda com uma área de refeitório que possui ambiente
e espaço com TV e internet com wi-fi , permitindo a interação entre os ituveravenses que estão em Barretos.
A técnica em análises clínicas Karen Ferreira Ribeiro, 39 anos, faz tratamento em Barretos há 10 anos. Ela, portanto, conhece a realidade do antes e depois da Casa de Apoio. “No momento faço tratamento dos ossos e fígado,
antes não era tão confortável, a gente fazia nossos procedimentos no hospital e, quando terminávamos tínhamos que fi car esperando no próprio hospital sentados nos bancos”, recorda. “Hoje é muito bom, nós fazemos o nosso tratamento, descansamos, almoçamos, enfim estamos em casa”, compara a ituveravense. Ela declara ainda
que recomenda aos ituveravenses caso necessitem que fi quem na Casa de Apoio de Ituverava. “Quem precisar e estiver inseguro, podem vir tranquilos que somos muito bem tratados graças a Deus e as acomodações são ótimas
e o pessoal que trabalha muito bom, tudo perfeito”, define Karem. A vendedora Micheli dos Santos Pavan fez o tratamento em radioterapia pelo período de 25 dias. Como as sessões eram diariamente, para não ter que viajar todos os dias, ficou hospedada na Casa de Apoio pelo período necessário. Atualmente ela está fazendo exames de acompanhamento e fisioterapia. Nesta nova fase, a vendedora viaja para o Hospital do Amor, faz os procedimentos
necessários e fica na Casa de Apoio até o horário do retorno para Ituverava. “Faço tratamento há um ano e meio e sempre que venho fi co na Casa de Apoio. Já fi z radioterapia por 25 dias e fiquei hospedada aqui. Agora estou fazendo exames de acompanhamentos e fisioterapia devido a um inchaço no braço. O tratamento é muito bom”,
explica. “Se não tivesse esta Casa de Apoio seria muito difícil porque agora eu já terminei a sessão de fisioterapia e estaria no hospital ou mesmo do lado de fora, e estando aqui podemos deitar, descansar, assistir televisão, é
muito importante esta casa porque incentiva a vir para cá, que já é difícil devido à viagem e ao tratamento também não é fácil, se não tivesse esta casa seria complicado, isso aqui é uma benção”, destacou Michelle. Para a prefeita Adriana, é muito importante para os pacientes e seus acompanhantes terem em Barretos uma Casa de Apoio que
está de portas abertas para oferecer um lugar tranquilo e adequado durante seus tratamentos na cidade que possui um Hospital referência no tratamento do Câncer. “Infelizmente, não queríamos que ninguém passasse
por essa situação, mas é confortante saber que estamos oferecendo um local onde eles podem ter esse auxílio para passar por esse momento difícil. Por isso, quero agradecer a todos que contribuem com o trabalho da Casa de Apoio de Ituverava”, ressalta a prefeita. Para os interessados em conhecer as dependências e trabalhos realizados na
Casa de Apoio de Ituverava em Barretos, a instituição é localizada na rua São José, nº 734, no bairro Paulo Prata, em Barretos. Os interessados em contribuir com doações para a Casa de Apoio de Ituverava em Barretos devem se
encaminhar para o Fundo Social de Solidariedade de Ituverava.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *